• slider

Notícias

26 de Junho de 2017 Gilclécio Lucena
Imprimir    E-mail

O deputado federal Hugo Motta visitou diversos municípios durante o período de festejos juninos, na Paraíba.


Na cidade de Teixeira, acompanhando pelo Prefeito, Nêgo de Guri, pelo Senador Raimundo Lira, deputado estadual, Nabor Wanderley, participou da entrega de dois tratores e mais um veículo, adquiridos com recursos oriundos de emendas parlamentares de sua autoria.


Ainda em Teixeira, várias obras em fase de conclusão foram visitadas, a exemplo da escola modelo, de uma Unidade Básica de Saúde no Bairro Pedra do Galo, uma creche pró-infância e calçamentos em diversas ruas.


Na ida à Adutora do Pajeú o senador Raimundo Lira, e o Deputado federal Hugo Motta, se comprometeram a interceder junto ao Governo Federal para a antecipação do cronograma de execução e a inclusão dos Municípios de Matureia, Água Branca e Mãe D'água.


A comitiva contou ainda com a presença dos prefeitos, Zé Pereira, de Matureia, Léo Terto, de cacimbas, Nael Rosa, de Malta, do presidente da Câmara Municipal de Teixeira, Valone Dias Oliveira, além dos vereadores Assis Catanduba, Azedo De Poços, Nilda Lira, João de Romualdo, diversas lideranças do município de Matureia, o chefe de gabinete Dr. Israel Firmino, o ex vice-prefeito, Apriginho Firmino, e o atual vice-prefeito Alexandre Alves.


Na cidade de Patos, o parlamentar participou do São João de Patos, prestou contas do trabalho desenvolvido por meio de entrevistas aos veículos de comunicação presentes no evento. "Nosso povo é hospitaleiro e trabalhador, o nosso São João faz parte da cultura e fortalece a economia. Continuamos em Brasília lutando para que as diversas obras em andamento tenham continuidade e sejam entregues o mais rápido possível, a exemplo do Teatro Municipal, todo construído com recursos destinados por mim e pelo, a época, senador voltar do Rêgo, e dos Canais do Novo Horizonte e Noé Trajano", destacou Hugo Motta.


No município de Conceição, o parlamentar esteve acompanhado do prefeito Nilson Lacerda. "Conceição fez uma linda festa. O prefeito Nilson está de parabéns, pois além de trabalhar muito pela cidade, levando diversas obras e ações para a população, consegue trazer desenvolvimento econômico aliado aos festejos juninos", enfatizou.


O prefeito de Santa Luzia, Zezé, retomou a realização do São João de Santa Luzia. Hugo Motta, os senadores Raimundo Lira e José Maranhão, e o deputado estadual Nabor Wanderley, estiveram na cidade para acompanhar o renascimento do evento.


Hugo Motta visitou ainda os festejos juninos dos municípios de Boa Ventura, Olho D'água e São João do Tigre. "Temos parcerias importantes com os prefeitos Dr. Genoilton, prefeito Célio e Leonice Lopes. Aproveitamos a época junina para visitar os municípios, rever os amigos, conversar com a população sobre os problemas enfrentados e prestar contas do nosso trabalho", disse.





14 de Junho de 2017 Gilclécio Lucena
Imprimir    E-mail

 


O deputado federal Hugo Motta anunciou na tarde desta quarta-feira, 14, a liberação de recursos para a construção de quadras poliesportivas para as escolas do município de Patos.


De acordo com o parlamentar, R$ 207 mil serão liberados na próxima sexta-feira. "O dinheiro estará na conta para que a Prefeitura de Patos possa entregar aos estudantes esse equipamento, que auxiliará na aprendizagem por meio da prática esportiva e outras atividades culturais", afirmou.


Serão pagos R$ 40 mil para a Escola Municipal Monsenhor Vieira, localizada no Monte Castelo, R$ 15 mil para a Escola Zefinha Mota, nas Sete Casas, e R$ 152 mil para a Escola Ageu de Castro, no Alto da Tubiba.


 





12 de Junho de 2017 Gilclécio Lucena
Imprimir    E-mail

Hugo Motta presta contas de seu trabalho à população

Fique por dentro...




6 de Junho de 2017 Gilclécio Lucena
Imprimir    E-mail

Foi promulgada na manhã desta terça-feira, 06, em sessão solene realizada pelo Congresso Nacional, a PEC que regulamenta a prática das Vaquejadas.


De acordo com o deputado federal Hugo Motta (PMDB/PB), é um momento histórico que reconhece a atividade esportiva ao mesmo tempo em que a cultura do nordeste é respeitada. "O poder legislativo cumpre seu papel e resguarda a prática da vaquejada que, além de reconhecer o esporte, é um meio de sustento para milhares de famílias sertanejas. O respeito às expressões culturais regionais deve ser prioridade para o Congresso Nacional, é essa é uma vitória de todos nós", comemorou.


Com publicação da Emenda Constitucional 96, será adicionado ao artigo 255 da Constituição um parágrafo que determina que, as práticas desportivas com animais na categoria de manifestação cultural não têm caráter cruel. A atividade é ainda registrada como bem imaterial do patrimônio cultural brasileiro e terá de ser regulamentada por lei que assegure o bem-estar dos animais utilizados.





31 de Maio de 2017 Gilclécio Lucena
Imprimir    E-mail

Mudança na arrecadação do ISS beneficiará municípios

Fique por dentro...




9 de Maio de 2017 Gilclécio Lucena
Imprimir    E-mail

Com o objetivo de auxiliar no crescimento das micro e pequenas empresas, o deputado federal Hugo Motta (PMDB/PB) deu entrada em um projeto de lei que determina que os tributos devidos, vencidos até a competência do mês de dezembro de 2016 e apurados na forma do Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições, possam ser parcelados em até cento e vinte meses.


O parlamentar destaca que a atual crise econômica pede atenção da classe política. "É necessário buscarmos ações que dêem fôlego aos pequenos empresários, pois estão na ponta, gerando emprego e renda", afirmou.


Hugo Motta disse ainda que, após a crise mundial de 2008, a Lei n.º 11.941/2009 implementou diversos mecanismos para que as empresas quitassem dívidas, melhorando o fluxo de caixa e o planejamento financeiro dos contribuintes que aderiram ao programa de parcelamento.


"No cenário de hoje, medidas como esta são ainda mais necessárias, uma vez que a crise que atravessamos é nitidamente mais severa face à de 2008. Para se ter uma ideia, a taxa de desemprego está 4,3% mais alta em relação àquele ano (11,5% contra 7,2%); a inflação (IPCA) subiu de 5,9% para 6,29% e o PIB teve um recuo de 3,6%, sendo que à época o crescimento era de 5,1%", explicou o deputado.

O projeto altera a art. 9º da Lei Complementar n.º 155, de 27 de outubro de 2016. "As empresas terão um novo prazo para aderir ao parcelamento, e os débitos até dezembro de 2016 podem ser parcelados em até cento e vinte meses", concluiu.





Avançar »

Newsletter

Cadastre o seu e-mail e receba novidades!
Player